A sua última chance de reduzir seu imposto de renda é agora!

5 minutos para ler

 

Vivemos um cenário macroeconômico no qual devemos esperar cada vez menos do poder público e precisamos planejar nosso futuro financeiro. Não dá mais para pensar em aposentadoria oficial como fonte principal de renda e, por isso, ter um plano de Previdência Privada é cada vez mais necessário.

Os investimentos em Previdência Privada ajudam você a programar seus rendimentos no futuro, e mais além, entregam a possibilidade de benefícios fiscais que não são encontrados em outros tipos de investimentos. Você sabia disso?

Muita gente não sabe, mas existe uma forma de reduzir o imposto de renda a pagar todos os anos apenas com sua Previdência Privada. Para se beneficiar da redução de imposto, no entanto, é necessário que algumas atitudes sejam tomadas ainda no ano corrente.

Quer descobrir como aproveitar esta última chance de reduzir seu imposto de renda do próximo ano? Então acompanhe este artigo!

 

A Previdência PGBL

A Previdência pode ser definida como um plano de contribuição variável, sob o regime de capitalização, com formação de um valor de reserva matemática. Esses recursos acumulados proporcionam ao investidor uma renda mensal, que pode ser por tempo determinado ou vitalícia, ou o resgate total do valor.

Vale destacar que, nos fundos previdenciários, há o benefício de não ocorrência do come cotas, que é a antecipação de cobrança de IR em fundos de investimento – o que representa uma vantagem no longo prazo.

A tributação incide somente no momento do resgate, configurando um diferimento fiscal. Imagine poder postergar o pagamento de impostos para depois de 30 anos, por exemplo. Não é ótimo?

Os planos podem ser do tipo VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres) ou PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres), com a principal diferença entre os dois residindo no tratamento tributário. Enquanto na VGBL o imposto é calculado em relação aos rendimentos, no PGBL o imposto incide sobre o valor total a ser resgatado.

E é a partir de um plano PGBL que o investidor pode usufruir de um benefício fiscal bastante interessante.

 

O Benefício Fiscal do PGBL

No PGBL é possível deduzir as contribuições feitas pelo investidor ao seu plano de Previdência Privada anualmente do valor da renda bruta anual tributável, até o limite de 12% da renda.

Esse cálculo de dedução ocorre quando o titular do plano realiza sua Declaração de Ajuste anual de Imposto de Renda no modelo completo de declaração. Se sua declaração resultar em devolução de valor pago, sua restituição aumenta com o lançamento da contribuição no PGBL. Caso haja saldo de imposto complementar a pagar, ele será menor a partir deste lançamento das contribuições ao seu plano PGBL.

Vamos a um exemplo? Para uma renda anual tributável de 200 mil reais anuais, você tem até o limite de 12% para deduzir com o investimento no PGBL, ou seja, 24 mil reais.

Ao investir esse valor de 24 mil reais em PGBL no ano calendário da declaração, sua base de cálculo para o imposto a pagar será de 176 mil reais – e não 200 mil reais.

Para esses valores, a redução no imposto a pagar seria de 6.600 reais! Interessante, não?

Além disso, ao realizar um investimento em previdência com objetivo de longo prazo, portanto, a Previdência PGBL pode se configurar em uma das mais importantes estratégias para diferir e reduzir imposto. Afinal, ela permite ao investidor escolher o regime tributário regressivo, no qual é possível alcançar alíquota de 10%, definitiva (sem ajuste na declaração) após 10 anos.

Assim, com a escolha da tributação regressiva, você garante a menor alíquota possível para um investimento com incidência de IR e, com o benefício das deduções ao longo de todos esses anos em sua declaração, você garante recursos para reinvestimentos, fazendo novas aplicações.

Resumindo:

Para usufruir dos benefícios que o plano PGBL pode oferecer a você no próximo ano, portanto, é preciso se lembrar que:

  • Você precisa optar pela Declaração de Imposto de Renda no modelo completo;
  • É necessário contribuir paralelamente com o INSS ou com planos RPPS – Regime Próprio de Previdência Social (planos de servidores públicos);
  • O limite máximo para dedução no IR a partir das contribuições ao plano PGBL é de 12% da renda bruta anual.

A hora de reduzir o seu Imposto de Renda é agora!

Se você já contribui com sua Previdência na modalidade PGBL e faz a declaração completa de IR anualmente, dezembro é o último mês para usufruir deste benefício e reduzir seu Imposto de Renda para este ano-calendário, na declaração a ser entregue no próximo ano.

Não perca essa oportunidade de economizar e garantir um abatimento de até 12% da sua renda bruta anual tributável!

Os aportes considerados para este abatimento devem ser realizados até o fim do ano calendário da declaração. Logo, se deseja se beneficiar na próxima declaração, você tem até o fim deste ano para investir em uma PGBL.

Se você ainda não alcançou o percentual de 12% da sua renda bruta tributável neste ano em contribuições para a Previdência Privada na modalidade PGBL, aproveite este final de ano para incrementar os aportes ao seu plano de Previdência.

Faça as contas de sua renda tributável e realize seus aportes ainda este ano. Ainda dá tempo de contar com este benefício fiscal e reduzir o seu Imposto de Renda.

Fale com um especialistaPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário