CDB

O CDB, Certificado de Depósito Bancário, é o mais indicado para o investidor iniciante. É tão seguro quanto a poupança, mas com rentabilidade maior. Quanto mais longo o prazo, maior tende a ser a rentabilidade.

 

O que é?

O CDB é um título emitido por bancos para captar recursos. Na prática, o investidor está emprestando dinheiro à instituição, e irá recebê-lo corrigido no futuro.

Alguns CDBs possuem um prazo de carência, o que significa que, durante esse período, o dinheiro não poderá ser resgatado. Mas também existem CDBs com liquidez diária, que pode ter resgate a qualquer momento. Quanto maior a carência e o prazo do título, maior será a rentabilidade.  O investidor deve ter em mente tais diferenças quando for estabelecer objetivos.

Eles são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), até R$250 mil por CPF e por instituição financeira, no limite de R$1 milhão para cada período de 4 anos.

 

Rentabilidade

No momento da compra, é definido o tipo de rentabilidade do CDB. Ele pode ser prefixado, pós-fixado ou híbrido (menos comum, atrelado à inflação).

Prefixado: o rendimento já é pré-estabelecido, ou seja, já é conhecido o quanto será resgatado no final do período.

Pós-fixado: a rentabilidade é atrelada a um índice, sendo mais utilizado um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

Híbrido: utiliza as outras duas formas combinadas. Exemplo: IPCA + taxa pré.

 

Tributação

Os CDBs são tributados direto na fonte, e seguem uma tabela regressiva ao longo do tempo.

 

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)  só é cobrado para resgates inferiores a 30 dias.

 

Como investir?

É bem fácil e rápido. O processo de abertura de conta leva apenas alguns minutos.

Para saber mais ou tirar quaisquer dúvidas, entre em contato com um dos nossos planejadores financeiros.

Converse com um especialista

5 Opções de investimentos em renda variável para conhecer

5 Opções de investimentos em renda variável para conhecer   Os investimentos em renda variável costumam atrair a atenção de investidores que almejam aumentar suas chances de maiores rendimentos na comparação coma rentabilidade oferecida pela renda fixa. Contudo, ainda são muitas as pessoas que desconhecem as oportunidades disponíveis na renda variável. Neste artigo você acompanhará

Fundos de investimento: você sabe como funcionam?

Fundos de investimento: você sabe como funcionam? Se você deseja investir no mercado financeiro, já deve ter ouvido falar sobre os fundos de investimento. Contudo, talvez não saiba como eles funcionam e não conheça os principais tipos de fundos disponíveis para o investidor brasileiro. Essa modalidade de investimento atrai a atenção pelas características e facilidades

Fundos Imobiliários: quando vale a pena investir?

Fundos Imobiliários: quando vale a pena investir? Muitos investidores iniciantes e aqueles que utilizam modalidades de investimento para aportas dinheiro se questionam, muitas vezes, se vale a pena investir em fundos imobiliários (FIIs). Afinal, apesar de serem conhecidos por muitos, os FIIs podem gerar dúvidas – especialmente quanto às suas características. De fato, investir em

WhatsApp chat