Tesouro Direto

Tesouro direto

No BTG Pactual Digital você tem acesso gratuito a plataforma do Tesouro Direto, com Taxa Zero de custódia. Podendo efetuar suas aplicações com Segurança e Rentabilidade.

Segurança e rentabilidade para seu patrimônio.

 

Os Títulos Públicos nunca estiveram tão acessíveis aos investidores iniciantes, que hoje possuem diversas ferramentas de negociação desses pápeis de forma simples, barata e segura. 

Além da possibilidade de aquisição desses títulos através da plataforma do Tesouro Direto, existe a possibilidade de utilizar um dos intrumentos mais eficientes de investimento em títulos públicos, os fundos de investimentos em títulos públicos do BTG Pactual, em especial o fundo BTG Pactual Tesouro Selic Simples, que possui taxa Zero de Administração e Zero de Custódia.

Tesouro selic

Rentabilidade: Os títulos do Tesouro Direto possuem excelentes rentabilidades, a exemplo do Tesouro Selic que hoje rende bem mais que a caderneta de poupança*.

* quando a Taxa Selic é inferior a 8,5% a.a., a poupança rende apenas 70% do Tesouro Selic.

 

Segurança: o Tesouro Direto é um dos investimentos mais seguros do mercado, pois os títulos públicos são 100% garantidos pelo Tesouro Nacional, ou seja, o Governo Federal garante o seu pagamento.

 

Resgate: possibilidade de resgate em apenas 1 dia, mesmo para os títulos com vencimentos mais longos.

 

Tipos de Títulos: Basicamente existem três tipos de títulos para situações diferentes de investimentos,  os pré-fixados, os pós-fixados ou os indexamos à inflação. Por exemplo, se a intenção é investir para comprar um imóvel, existem títulos que são mais rentáveis do que simplesmente reservar o dinheiro mensalmente na Poupança.

  1. TESOURO SELIC (LFT): É um título pós fixado, remunerado pela taxa SELIC, com ganho positivo constante, independentemente da data de vencimentos. São os títulos mais indicados para o investidor que possui um perfil conservador. Além da plataforma do Tesouro Direto, existe um veículo mais eficiênte para acessar e obter os benefícios desses títulos é o fundo de renda fixa BTG Tesouro Selic Simples. Saiba mais ->
  2. TESOURO PREFIXADO (LTN e NTN-F): A remuneração é fixada no momento da compra por uma taxa préfixada. Tem a opção de adquirir títulos pré fixados com pagamentos de juros semestrais (NTN-F) ou apenas no vencimento (LTN).
  3. TESOURO IPCA + (NTN-B Principal e NTN-B): São títulos que proporcionam proteção contra a inflação e ainda pagam uma taxa de juros adicional semestralmente (NTN-B) ou apenas no vencimento (NTN-B Principal). Também é possível investir nesses títulos, a um custo menor que o do Tesouro Direto, através dos fundos de Renda Fixa do BTG que aplicam nesses papéis. Saíba mais a respeito dos Fundos IPCA Curto, IPCA Longo e IPCA Geral. 

Nesse ponto, vale uma nota com relação ao comportamento do valor do título tendo em vista o seu vencimento, pois quanto mais longo o vencimento, mais volátil será o valor do título público negociado a mercado. Por conta disso, existem momentos que é mais interessante adquirir títulos de curto prazo ou títulos de longo prazo.

    • Títulos com vencimentos Curtos: São títulos com prazo de até 5 anos e indicados para um cenário de risco de inflação e patamar de juros baixos que podem ser elevados.
    • Títulos com vencimentos Longos: São títulos com prazo acima de 5 anos e indicados para um cenário de risco de inflação e patamar de juros altos, com perspectiva de reduçãoda taxa de juros.

O cenário econômico vivenciado entre 2015 e 2020, em que as taxas de juros estavam em patamares altos e com grande expectativa de redução, foi uma excelente oportunidade para investir nesses títulos e ganhar muito dinheiro por conta da mercação a mercado. Alguns desses títulos chegaram a apresentar rentabilidade superior a 70% em menos de 12 meses fazendo muita gente feliz.

 

Facilidade: Acesso intuitivo pela plataforma do BTG Pactual Digital, que permite iniciar seus investimentos a partir de R$ 30,00, sem sair de casa.

 

Flexibilidade: Com o Tesouro Direto, você pode planejar o seu ganho montando sua própria carteira de acordo com o seu perfil e objetivos financeiros.

Artigos relacionados

Quando vale a pena investir em fundos de ações?

Quando vale a pena investir em fundos de ações?   Muitos investidores têm buscado a renda variável ao analisar o cenário de queda dos rendimentos da renda fixa no Brasil. Entretanto, alguns deles não têm experiência com o mercado e não se sentem seguros para montar a carteira sozinhos. Diante disso, os fundos de investimentos

7 Dicas para escolher os melhores fundos multimercados para você

7 Dicas para escolher os melhores fundos multimercados para você   Adquirir cotas de fundos de investimentos pode ser uma alternativa bastante interessante para muitos investidores. O primeiro passo para avaliá-la é entender os tipos de fundos do mercado. Existem, por exemplo, os fundos de renda fixa, os imobiliários, os fundos de ações e os

5 Opções de investimentos em renda variável para conhecer

5 Opções de investimentos em renda variável para conhecer   Os investimentos em renda variável costumam atrair a atenção de investidores que almejam aumentar suas chances de maiores rendimentos na comparação coma rentabilidade oferecida pela renda fixa. Contudo, ainda são muitas as pessoas que desconhecem as oportunidades disponíveis na renda variável. Neste artigo você acompanhará

WhatsApp chat