Debêntures Incentivadas

As debêntures incentivadas funcionam de modo semelhante às comuns, mas possuem uma importante diferença: o benefício fiscal.

Por se tratarem de captações para obras de infraestrutura, de interesse estratégico para o país, como estradas, aeroportos, etc., este tipo de debênture é isento de Imposto de Renda.

 

O que é?

O seu funcionamento é idêntico a uma debênture simples, que é um título de dívida, ou seja, um empréstimo para a empresa cumprir seus planos relacionados à captação.

Seus prazos normalmente são mais longos do que as debêntures tradicionais. E os retornos oferecidos são mais elevados, pelo fato de oferecerem um fator de risco adicional ao risco de crédito da companhia: a conclusão de um projeto específico.

São títulos com baixa liquidez, e não contam com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

 

 

 

Rentabilidade

As debêntures incentivadas podem ser remuneradas das seguintes maneiras:

Prefixada: o rendimento já é pré-estabelecido, ou seja, já é conhecido o quanto será resgatado no final do período.

Pós-fixada: a rentabilidade é atrelada a um índice, como percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) ou índices de preços (IPCA, IGP-M).

Híbrida: utiliza as outras duas formas combinadas. Exemplo: IPCA + taxa pré.

 

Tributação

As debêntures incentivadas são isentas de Imposto de Renda.

 

 

Como investir

Para saber mais ou tirar quaisquer dúvidas, entre em contato com um dos nossos planejadores financeiros.

Converse com um especialista

Juros baixos: onde investir para ganhar dinheiro?

Juros baixos: onde investir para ganhar dinheiro? Quem é investidor ou estuda o assunto para iniciar seus investimentos certamente já notou a intensidade de discussões sobre a queda dos juros no Brasil. Depois de diversos anos com taxas altas, o país tem reduzido gradativamente seus juros – alcançando um patamar histórico de baixa. Se você

Você sabe o que são e como funcionam as Debêntures?

Você sabe o que são e como funcionam as Debêntures? Títulos do Tesouro, CDBs, LCIs e LCAs são geralmente nomes mais conhecidos entre os ativos de renda fixa. Mas, o que algumas pessoas não sabem é que existe um outro tipo de investimento, também na modalidade de renda fixa, que pode trazer retornos um pouco

WhatsApp chat