CRI

O Certificado de Recebíveis Imobiliários é um título relacionado ao setor imobiliário. É isento de Imposto de Renda para a pessoa física.

Está vinculado a direitos creditórios de negócios do setor.

 

 

O que é?

Quem compra um CRI está comprando um crédito securitizado. Isto significa que uma empresa do setor, uma construtora por exemplo, transforma seus direitos creditórios – parcelas de financiamento de um imóvel – em títulos negociáveis no mercado financeiro. Conseguem, desse modo, antecipar todo o valor que tinham a receber, de uma única vez.

Quem faz esse “empacotamento” dos créditos em títulos são as companhias securitizadoras, que captam os recursos e negociam os títulos. Desse modo, ao comprar um CRI, o investidor adquire um título com lastro no direito de crédito da construtora.

Os CRIs não são cobertos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), possuem liquidez restrita e prazos longos. Mas oferecem rentabilidades maiores, e são boas opções para investidores mais arrojados.

 

 

Rentabilidade

O CRI pode ser remunerado das seguintes maneiras:

Prefixada: o rendimento já é pré-estabelecido, ou seja, já é conhecido o quanto será resgatado no final do período.

Pós-fixada: a rentabilidade é atrelada a um índice, como percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) ou índices de preços (IPCA, IGP-M).

Híbrida: utiliza as outras duas formas combinadas. Exemplo: CDI + taxa pré.

 

Tributação

Os CRIs são isentos de Imposto de Renda para a pessoa física.

 

Como investir?

É bem fácil e rápido. O processo de abertura de conta leva apenas alguns minutos.

Para saber mais ou tirar quaisquer dúvidas, entre em contato com um dos nossos planejadores financeiros.

Converse com um especialista

5 Opções de investimentos em renda variável para conhecer

5 Opções de investimentos em renda variável para conhecer   Os investimentos em renda variável costumam atrair a atenção de investidores que almejam aumentar suas chances de maiores rendimentos na comparação coma rentabilidade oferecida pela renda fixa. Contudo, ainda são muitas as pessoas que desconhecem as oportunidades disponíveis na renda variável. Neste artigo você acompanhará

Fundos de investimento: você sabe como funcionam?

Fundos de investimento: você sabe como funcionam? Se você deseja investir no mercado financeiro, já deve ter ouvido falar sobre os fundos de investimento. Contudo, talvez não saiba como eles funcionam e não conheça os principais tipos de fundos disponíveis para o investidor brasileiro. Essa modalidade de investimento atrai a atenção pelas características e facilidades

Fundos Imobiliários: quando vale a pena investir?

Fundos Imobiliários: quando vale a pena investir? Muitos investidores iniciantes e aqueles que utilizam modalidades de investimento para aportas dinheiro se questionam, muitas vezes, se vale a pena investir em fundos imobiliários (FIIs). Afinal, apesar de serem conhecidos por muitos, os FIIs podem gerar dúvidas – especialmente quanto às suas características. De fato, investir em

WhatsApp chat